top of page

Dor Orofacial, Bruxismo e Sono Ruim em Músicos

Músicos profissionais que tocam em orquestras sinfônicas, podem correm riscos relacionados ao trabalho e prejudicar sua saúde.



Fatores como ruído ambiente, horário de trabalho irregular, horários apertados e alta disciplina, podem causar estresse excessivo e/ou problemas de sono e comprometimento físico.


Não apenas o ambiente de trabalho, mas também o tipo de instrumento pode causar problemas que afetam o desempenho do trabalho e aumentam ainda mais a experiência e as preocupações com o estresse.


Especialmente músicos de instrumento de sopro e violino/viola são mais propensos a problemas de dor orofacial.

Devido à técnica de tocar os músicos de sopro podem sobrecarregar seus músculos mastigatórios e faciais, e o músico de violino/viola pode adicionar tensão nos músculos mastigatórios e no pescoço.

O estresse percebido e o sono ruim andam de mãos dadas.

Existem evidências de que essas percepções estão associadas ao bruxismo auto-referido. O bruxismo auto-relatado tem sido associado à experiência de dor orofacial.


Pode-se concluir que, entre os músicos de orquestra sinfônica, as percepções de sono interrompido, estresse e bruxismo do sono parecem desempenhar um papel mais importante nos relatos de dor orofacial.


Para garantir a saúde ideal e a alta performance desempenho no trabalho, os efeitos da carga de trabalho, da qualidade do sono e da necessidade de aconselhamento sobre o sono mais estudos devem ser realizados nessa área.


Fonte: AHLBERG et al.Oro‐facial pain experience among symphony orchestra musicians in Finland is associated with reported stress, sleep bruxism and disrupted sleep—Independent of the instrument group. J Oral Rehabil. 2019;46:807–812


Liliana Mores – Cirurgiã-Dentista CRO/SC 15297

Odontologia na Medicina do Sono

DTM & Dores Orofaciais, Bruxismos

Odontologia para Músicos

Comentarios


bottom of page