top of page

Amamentação como prevenção dos distúrbios respiratórios do sono

Todos conhecemos os benefícios do aleitamento materno, tanto para a mãe, quanto para o bebê. Além de fonte de nutrição, provendo nutrientes, também auxilia no sistema imunológico da criança e contribui para o desenvolvimento de laços entre a mãe e o filho.



Entretanto, os benefícios não param aí: o ato de mamar é extremamente importante para o desenvolvimento dos ossos da face! Quando a criança faz o movimento de ordenha para conseguir o alimento, ela faz um esforço enorme, uma verdadeira ginástica.


Esse movimento é responsável por:

- Respirar de forma correta, pelo nariz, enquanto mama. Esse esforço respiratório ajudará no desenvolvimento adequado dos seios paranasais e das vias aéreas superiores;

- A articulação temporomandibular e os músculos mastigatórios estarão envolvidos nesses movimentos, e devido a esse estímulo, irão crescer e se desenvolver de forma harmoniosa. Esse estímulo ajudará no crescimento da mandíbula.

- A língua também está envolvida no movimento da ordenha, empurrando-a contra o palato. Esse movimento é importante para o crescimento e posição da língua, que deve permanecer em contato com o palato. Nessa posição, a língua ajudará no crescimento da maxila.


O ato de mamar no peito, ensina a criança a respirar adequadamente, a deixar a língua na sua posição correta que é lá no palato e, todos os movimentos contribuem para o crescimento da articulação, músculos e da mandíbula e maxila.


A amamentação é o primeiro “tratamento preventivo” ortopédico e ortodôntico da criança, prevenindo ou minimizando má oclusões esqueléticas e dentárias e problemas respiratórios futuros, inclusive a apneia obstrutiva do sono na vida adulta.

.

Liliana Mores – CRO/SC15297

Odontologia na Medicina do Sono

DTM & Dores Orofaciais, Bruxismos

Ortodontia



Commentaires


bottom of page